Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Economia

A inflação elevada e o iene fraco do Japão desencorajou os gastos das famílias

Pesquisa abrangeu 5 mil pessoas com idades entre 15 e 79 anos e foi realizada entre 24 e 27 de novembro.

A inflação elevada e o iene fraco do Japão desencorajou os gastos das famílias
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Pesquisa realizada pela Marketing Intage Inc. 

A inflação elevada e o iene fraco do Japão desencorajaram os gastos das famílias durante os feriados de fim de ano e Ano Novo, de acordo com uma pesquisa do setor privado, Intage Inc.

O orçamento médio para aqueles com planos de férias no país foi de 45.235 ienes (US$ 320), um aumento de 27,8% em relação ao ano anterior, mas mais da metade dos entrevistados disseram que cortariam gastos sazonais, inclusive em pratos especiais e presentes de Natal. Entre os entrevistados, 56,2% disseram não ter planos de viagem.

Com a flexibilização das medidas contra a COVID-19, 18,5 por cento disseram que visitariam a casa dos pais, enquanto apenas 0,7 por cento planeavam viajar para o exterior.

Após os recentes aumentos de preços, 52,5 por cento disseram que iriam cortar os seus gastos sazonais, com 51,3 por cento afirmando que a inflação pesaria nas suas compras de alimentos festivos, incluindo encomendas de pratos "osechi" de Ano Novo, mostrou a pesquisa.

“O movimento de pessoas aumentará, mas a sua mentalidade de poupança permanece forte”, disse um funcionário da Intage. A pesquisa abrangeu 5 mil pessoas com idades entre 15 e 79 anos foi realizada entre 24 e 27 de novembro.

Fonte/Créditos: Mainichi

Créditos (Imagem de capa): Kiodo

Comentários: