Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Saúde

Bactérias carnívoras estão aumentando em Hiroshima, com 9 casos já este ano, mais da metade do total do ano passado

É importante que as pessoas estejam cientes dos sintomas e busquem atendimento médico imediatamente se notarem um agravamento repentino da dor no corpo

Bactérias carnívoras estão aumentando em Hiroshima, com 9 casos já este ano, mais da metade do total do ano passado
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

As infecções fulminantes por estreptococos hemolíticos são uma condição séria causada pela bactéria Streptococcus pyogenes. Essas infecções podem se desenvolver rapidamente e levar à necrose dos tecidos, daí o termo "bactéria comedora de carne". Essa condição pode ser fatal se não for tratada adequadamente e rapidamente.

O aumento preocupante de casos na província de Hiroshima, com nove casos notificados em menos de dois meses, representando mais da metade do número de casos do ano anterior. Isso reflete uma tendência preocupante de aumento dessas infecções na região.

É importante que as pessoas estejam cientes dos sintomas e busquem atendimento médico imediatamente se notarem um agravamento repentino da dor no corpo, inchaço nos membros ou consciência turva, pois esses podem ser sinais de uma infecção fulminante por estreptococos hemolíticos.

Embora os estreptococos hemolíticos sejam bactérias comuns que podem ser encontradas na pele e na garganta de pessoas saudáveis, certas cepas podem causar infecções graves. Mesmo que uma pessoa esteja infectada, ela pode apresentar apenas sintomas leves de resfriado, o que destaca a importância da vigilância e do tratamento precoce.

As autoridades de saúde em Hiroshima e em todo o país devem continuar a emitir alertas e recomendações para ajudar a prevenir a propagação dessas infecções e educar o público sobre a importância da detecção precoce e do tratamento adequado.

Fonte/Créditos: Da redação

Comentários: