Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Comunidade

Cidade de Oizumi permitirá que residentes estrangeiros sejam funcionários públicos

A abolição dos critérios de nacionalidade está programada para entrar em vigor a partir dos funcionários contratados em abril de 2025

Cidade de Oizumi permitirá que residentes estrangeiros sejam funcionários públicos
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A decisão da cidade de Oizumi de eliminar a exigência de nacionalidade para funcionários públicos é um passo significativo em direção à promoção da inclusão e da diversidade. Com 20% de sua população composta por residentes estrangeiros, a mudança busca criar oportunidades iguais no emprego público.

O presidente da Câmara de Oizumi, Toshiaki Murayama, destaca a importância de permitir que os residentes estrangeiros participem dos exames de emprego para cargos na função pública. Ele menciona a necessidade de superar barreiras linguísticas e outros desafios, especialmente em departamentos relacionados à cooperação multicultural e institutos educacionais.

A abolição dos critérios de nacionalidade está programada para entrar em vigor a partir dos funcionários contratados em abril de 2025, após aprovação nos exames realizados no ano fiscal de 2024. Os candidatos, tanto japoneses quanto estrangeiros, serão avaliados com base em conhecimentos gerais, aptidões, entrevistas, ensaios e outros elementos.

No entanto, mesmo com essa mudança, algumas restrições persistem para os funcionários estrangeiros. Eles não poderão ser promovidos para cargos de gestão mais elevados, nem estar envolvidos no desenvolvimento de políticas fundamentais da cidade. Além disso, a autoridade pública para determinadas ações, como impor impostos ou decidir o planejamento urbano, continuará limitada para os funcionários não japoneses.

O presidente da Câmara expressa a esperança de que a iniciativa sirva como exemplo para outros municípios e prefeituras, promovendo a igualdade de oportunidades e encorajando jovens não japoneses nascidos na cidade a perseguir uma ampla gama de empregos e aspirações.

Essa mudança segue uma tendência observada em outros governos locais no Japão, onde algumas restrições de nacionalidade foram eliminadas em certas categorias de empregos. O objetivo é avançar em direção ao multiculturalismo e oferecer oportunidades mais amplas para os residentes estrangeiros.

Fonte/Créditos: DA REDAÇÃO

Comentários: