Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Comunidade

Mulher libertada após ser presa por engano por furto de sushi inari

Erro da polícia leva a detenção equivocada de mulher de 74 anos na província de Shiga.

Mulher libertada após ser presa por engano por furto de sushi inari
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em um episódio desconcertante de erro policial, uma mulher de 74 anos foi erroneamente detida pela polícia por suspeita de furto de sushi inari em um supermercado na cidade de Omihachiman, província de Shiga. O caso, que começou em 13 de abril, culminou na libertação da mulher após a descoberta de que sua identidade havia sido confundida.

Tudo começou quando um funcionário do supermercado relatou à polícia que uma mulher estava dentro da loja com um pacote de sushi inari em sua bolsa, sem recibo de compra. Embora a mulher tenha negado as acusações, afirmando que o sushi lhe foi dado por um conhecido, a polícia a prendeu por suposto roubo em flagrante, com base no depoimento de uma testemunha.

No entanto, a reviravolta veio quando um homem, conhecido por ter dado o sushi inari à mulher, testemunhou mais tarde. Ele confirmou que não houve discrepância entre o estoque do supermercado e os registros de vendas, deixando claro que a mulher havia sido detida erroneamente. Após 82 horas de detenção, ela foi finalmente libertada.

A questão que permanece é: por que esse erro aconteceu? O incidente levanta preocupações sobre procedimentos policiais e a necessidade de garantir que detenções sejam baseadas em evidências sólidas e identificação correta. As autoridades estão investigando o caso para evitar futuros equívocos e garantir a justiça para todos os cidadãos.

Fonte/Créditos: Da redação

Comentários: