Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Policial

Polícia dos EUA prende brasileiro que estava foragido

O brasileiro Danilo Cavalcante fugiu da prisão no final de agosto, onde cumpria pena por matar a ex-namorada

Polícia dos EUA prende brasileiro que estava foragido
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Polícia americana prendeu o brasileiro Danilo Cavalcante, que estava foragido há 14 dias, após fugir da prisão. O homem cumpre pena perpétua por matar a ex-namorada na frente dos filhos.

A caçada terminou, na manhã desta quarta (13/9), após a Polícia do Condado de Chester, na Pensilvânia, conseguir prendê-lo. Danilo estava em uma região de mata e armado com um rifle.

A família de Débora Evangelista Brandão se diz aliviada. A jovem foi morta a facadas, na frente dos filhos, e esse foi o crime pelo qual Danilo foi condenado.

Os familiares afirmaram que, com a prisão, se sentem mais tranquilos pela primeira vez após semanas de angústia. O maior medo era que Danilo pudesse se vingar de familiares que moram nos Estados Unidos, ou no Brasil.

"A prisão dele traz muito alívio. A gente se afastou das notícias para ficar tranquilo, ter paz, porque estamos aflitos e adoecendo. Minha mãe passou mal. Tínhamos medo dele ter alguma uma retaliação com minha família. Tínhamos muito medo porque vocês [da imprensa] sabem do que ele é capaz", declarou Sílvia Brandão, irmã de Débora.

Débora Evangelista Brandão

Ainda segundo Sílvia, apesar de as autoridades dos Estados Unidos estarem empenhadas na prisão de Danilo, havia o medo de que ele conseguisse se manter livre por muito tempo.

"Deu um olé em muitas pessoas preparadas para muita coisa. É muito perigoso. Nossa, sem palavras. É muito alívio. Ele é um monstro e tem que pagar", completou.

Danilo foi capturado nesta quarta-feira (13), segundo um comunicado da polícia da Pensilvânia. A captura aconteceu depois de 14 dias e de uma megaoperação com 500 policiais e participação do FBI. Mesmo assim, Cavalcante conseguiu caminhar por 38 quilômetros, roubar uma van e um rifle e trocar tiros com um morador.

Danilo Cavalcante, condenado por matar a ex-namorada Débora Evangelista Brandão, estava foragido desde 31 de agosto, quando conseguiu escapar da prisão escalando paredes . A polícia da Pensilvânia afirmou que fará nesta quarta uma entrevista coletiva detalhar a captura.

O crime de Danilo aconteceu no dia 18 de abril de 2021, na cidade de Phoenixville, no estado da Pensilvânia. Débora Evangelista tinha 34 anos, morava nos EUA há cerca de cinco anos com os dois filhos, que presenciaram o crime.

Segundo as investigações, Danilo não aceitava o fim do relacionamento e, desde 2020, ameaçava Débora. Ele foi preso pela polícia americana no estado da Virgínia, 1h30 após o assassinato.

Os filhos de Débora, que na época do crime tinham quatro e sete anos de idade, hoje são criados por Sara Brandão, outra irmã da vítima, que ainda mora com as crianças nos EUA.

Fonte/Créditos: G1

Créditos (Imagem de capa): G1

Comentários: