Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Comunidade

Trabalhadores ao redor do mundo celebram o Dia Internacional do Trabalho

No entanto, muitos enfrentam desafios e lutas pelos direitos trabalhistas

Trabalhadores ao redor do mundo celebram o Dia Internacional do Trabalho
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No dia 1º de maio, o mundo celebra o Dia Internacional do Trabalho, uma data marcada por comemorações e reflexões sobre os direitos e condições dos trabalhadores. Embora seja feriado em cerca de 80 países, incluindo Itália, Alemanha, Japão e Portugal, muitos enfrentam desafios significativos em suas jornadas laborais.

No Brasil, a celebração deste dia foi sancionada pelo presidente Artur Bernardes em setembro de 1924, entrando em vigor no ano seguinte. Desde então, tornou-se um marco para reivindicações e conquistas dos direitos trabalhistas. Em 1940, durante a gestão presidencial, foi sancionada a lei do salário mínimo, reforçando ainda mais a importância deste dia para os trabalhadores brasileiros.

No entanto, para muitos trabalhadores, como a família Nakao Delfino, a realidade é de luta e desafios. Alessandro Nakao Delfino, 49 anos, um trabalhador de fábrica, sofreu uma lesão séria na coluna, sendo afastado por ordem médica e posteriormente demitido. Sua esposa, Nakao Kaori, 42 anos, também enfrentou dificuldades ao ser dispensada durante a gestação.

ENTREVISTA COM O CASAL NAKAO

A batalha da família não se limita apenas ao campo da saúde, mas também aos direitos trabalhistas. Alessandro luta pela cobertura do Rosai Hoken, enquanto Kaori batalha para ter o parto com a cobertura do Shakai Hoken. O nascimento do bebê trouxe consigo uma conta hospitalar avassaladora de 700 mil ienes, deixando a família em desespero.

Procurando ajuda, encontraram o suporte necessário com Toshio Sudo, conseguindo finalmente garantir seus direitos. Residindo em Ichinomya, Aichi-ken, a família Nakao Delfino representa uma parcela dos trabalhadores que, mesmo em meio às dificuldades, persistem na busca por uma vida digna e justa para si e para seus filhos.

Fonte/Créditos: Da redação

Créditos (Imagem de capa): RPJNEWS

Comentários: