Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Policial

Brasileiros são presos por invasões e furtos

Brasileiros foram acusados de cometer uma série de invasões e furtos em residências

Brasileiros são presos por invasões e furtos
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No dia 15 de maio, três brasileiros foram acusados de cometer uma série de invasões e furtos em residências localizadas nas cidades de Echizen e Sabae, na província de Fukui, Japão. As acusações foram feitas pela equipe de investigação conjunta das delegacias de polícia de Echizen, Sabae e Fukui, juntamente com a unidade de investigação móvel da polícia da província.

Os suspeitos foram identificados como Guilherme Tadashi Ribeiro, 30 anos, sem emprego e sem residência fixa; Gerson Yoshimitsu Hidaka Júnior, 30 anos, residente na cidade de Maibara (Shiga); e Caio Felipe Saiki Hanamura, 28 anos, com endereço e trabalho desconhecidos. Até o momento, a polícia não informou se eles estão negando ou admitindo as acusações.

Detalhes dos crimes

Os brasileiros foram presos em flagrante em março deste ano e continuam detidos por invadir o quintal de uma casa em Echizen. Posteriormente, a polícia descobriu que eles estariam envolvidos em uma série de furtos.

Entre as acusações, consta a invasão de uma casa em Sabae, ocorrida entre 8h e 13h30 do dia 27 de fevereiro. De lá, teriam sido levados cerca de ¥170 mil em dinheiro, três álbuns de fotos (cada um valendo ¥300) e cerca de 50 notas estrangeiras.

Também foram acusados de invadir uma casa em Echizen, entre as 8h e 14h20 do mesmo dia, e levaram cerca de ¥60 mil em dinheiro e 30 itens, incluindo anéis e uma bolsa de grife (totalizando cerca de ¥258.180).

Segundo a polícia, os três quebraram a janela para entrar nas casas. As autoridades continuam investigando se eles estariam envolvidos em outros crimes. A sociedade aguarda com ansiedade por mais informações sobre esse caso.

Fonte/Créditos: Fukui Shimbun

Comentários: