Portal RPJNEWS

MENU

Notícias / Policial

Homem de 32 anos é preso por atropelamento, fuga e tentativa de apagar evidências

Abandonou idoso em montanhas de Nagano ainda com vida

Homem de 32 anos é preso por atropelamento, fuga e tentativa de apagar evidências
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

Hidenobu Sato, 32 anos, funcionário de uma empresa de Yasuhara, cidade de Saku, foi preso por atropelar Akio Nakazawa(85)um trabalhador autônomo que morava nas proximidades em uma estrada na província de Iwamurata. O crime aconteceu no dia 10 de Dezembro de 2023 e prisão no 1 de Janeiro de 2024.

Hidenobu, atropleou e lavou o local na tentativa de apagar evidências e depois abandonou a vítima ainda com vida sem prestar socorro. Autópsia revelou que ele pode ter morrido congelado após sofrer ferimentos na cabeça em um acidente. 

Segundo a Tv Fuji, que cobriu o caso, Hidenobu colocou o idoso em seu carro e dirigiu-se até sua residência onde trocou de veículo. Seguiu para as montanhas de Nagawa, província de Nagano e abandonou Akio, que não resistiu aos ferimentos.

Em entrevista o assassino confessou o crime e alegando que ficou apavorado. Atropelamentos seguidos de fuga são eventos sérios.

Comentários: